domingo, 25 de novembro de 2012

Ser Pais em Tempos de Crise


“Sonhamos ter uma Família grande e unida, construída a partir de muito pouco, que é o que temos agora. Mas Feliz.”
Família Nicolau Campos, Lisboa


GORDAAAA...a Pilar ainda não tinha um mês

3 comentários:

  1. Querida CAte, OBRIGADA pela minuciosa explicação que me deste acerca dos métodos contraceptivos. Os naturais, que já tinha ouvido falar,parecem-me interessantes, de verdade! Contudo, tenho medo de engravidar, e tento optar por uma prevenção, isto é, jamais recorreria ao aborto (NUNCA!!), mas trazer um filho ao mundo, numa altura onde mal tenho dinheiro para mim, assusta-me.como é possível? :( ainda há pessoas como a Catarina e o marido que não tem coragem!:)
    Bjs, H.

    ResponderEliminar
  2. que não têm medo, e sim coragem.

    ResponderEliminar
  3. Querida H, os métodos naturais actuam precisamente na área da prevenção; aliás são a melhor prevenção: abstinência nos dias em que o nosso corpo está propício para uma fecundação. Mas um dia destes falamos melhor sobre isto...
    ; )
    Quanto à questão dos filhos, foi um pouco o que nos pediram para dizer no Público e vou ver se escrevo um post em breve a explicar precisamente a nossa história e a nossa atitude perante este tema em concreto.
    Um beijinho grande!

    ResponderEliminar