terça-feira, 30 de outubro de 2012

Upside Down

Tudo ao contrário.

A dormir muito tarde, a acordar demasiado cedo.
A subir e descer escadas bem mais vezes do que devia.
A comer mal: sandes ao almoço, lasanha ao lanche...a fome anda descontrolada.
Chocolate? Sempre, a toda a hora! Nem pareço eu.
E se janto...não consigo dormir com tanto mal-estar.
Mas tenho que jantar, e por isso faço um esforço.
Tem que ser uma coisa leve. Tipo sopas e saladas?
Pois, coisas que nem consigo cheirar nesta fase do campeonato!
O que fazer, então? N-ã-o   s-e-i.
Enjoada, com dores de cabeça, muito sono e sem vontade de fazer nada.
QUANDO HÁ TANTO PARA FAZER!!!!...

Pelo tempo que fiquei em casa o estudo também ficou atrasado.
Há que estudar a dobrar e teclar depressa para ter os apontamentos prontos em Dezembro.
E o que vestir???
As calças já começam a apertar...mas a barriguinha ainda não aceita tecidos elásticos coladinhos, que eu tanto gosto.
Está na fase barriga-gorda-proeminente-sem-forma-definida...
...e por isso urge fazer um makeover no roupeiro.

Saltos altos começam a ficar na prateleira.
Bem-vindas, botas, botins e galochas!
O cabelo também se porta mal.

Entretanto, anima-nos a Pipoca.
Que ainda não tem ano e meio e já conta até 3...
...E com ajuda, também chega ao 6!
Já identifica a letra B.
E diz que B é de banana, bom, bebé, batata.
Palavras que ela vai descobrindo e que têm o "b".
Já fala quase tudo...apanha os nomes de todos.
Diz "chaves", "babete", "não quer", "não sei",
e a expressão mais gira de todas quando faz uma asneira:
"Oh, não!", enquanto põe as mãos à volta da cabeça.
Imita a mãe a maquilhar-se e faz "tsss" para fingir que também põe perfume.
Faz mil gestos de italiana quando fala connosco naquela língua em que ela é muito eloquente, mas que nós não entendemos,
e ao telefone tem sempre assuntos super importantes para resolver.
Pelo menos parece, pelo ar, conversa e suspiros.
E anda gira nas horas!
Toda teatral, com uns dentinhos de roedor e umas expressões faciais lindas de morrer!
Diz "obrigada" sempre que é preciso.
E adora mandar um "santinha" quando alguém espirra.
Está na fase esponja e já sabe imensas canções.
Mas a preferida é a da barata diz que tem.

Enfim, um doce!

Entretanto, vou regressar aos meus deveres domésticos e preparar-me para as aulas.
Coming soon...fotografias dos casamentos de Verão!!

domingo, 28 de outubro de 2012

Hum...que bom...


....é acordar às 9h e pensar...não, ainda são 8h!!


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Plano Alimentar para a Gravidez

Como prometido, aqui fica o Plano Alimentar para a Gravidez, que, se eu cumprisse, daria mais 6 a 8 kg ao longo destes 9 meses, que é uma boa meta para a gestação, porque é peso que se perde facilmente a seguir ao parto.


 PEQUENO-ALMOÇO

 * 1 copo de sumo de laranja ou maçã natural (tomo maçã, por causa dos enjoos)
nota: se tiver problemas de acidez no estômago ou refluxo gástrico, opte pelo sumo de maçã
* 1 chávena de chá cidreira/ tília/ camomila ou 1 copo de leite
* 2 fatias de pão (sementes/ integral/ mistura) torrado com:
- 2 fatias de queijo magro
OU
- 1 ovo mexido
OU
- 1 fatia de queijo magro + 1 colher de sobremesa de compota light


 MEIO DA MANHÃ

* 1 peça de fruta


 ALMOÇO

* Sopa de legumes
* 1/3 peixe/ carne/ ovos
* 1/3 arroz/ massa/ batatas/ castanhas/ milho
* 1/3 legumes e verduras

* 1 peça de fruta


 LANCHE

* 1 copo de sumo 100 % fruta
* 1- 2 fatias de pão com:
- 1 queijo fresco pequeno
- 1- 2 fatias de queijo magro


 JANTAR

* o mesmo que o almoço


 CEIA

* 1 chá
*  2- 3 tostas





segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Weekend

Um fim de semana com um casamento, no dia seguinte uma cerimónia formal e por isso passado de saltos altos...a comer.


O casamento, lindo de morrer. Na Penha Longa, comoveu-nos de uma maneira inesperada e de lá saímos verdadeiramente felizes.


Amigos de sempre, e que neste dia eram outros.

Novas pessoas, perfeitamente conscientes da porta que iam abrir. Todos os passos dados neste dia foram-no por uma razão e elas sabiam bem ao que iam.

E depois, claro, gastronomia 5 estrelas, tudo irresistível e cheio de criatividade.


Fugi à regra de não comer à noite, jantei lindamente e até ceei...preguinhos maravilhosos, camarões e coca-cola. De madrugada!
Um perfeito disparate que depressa se fez sentir no estômago e que tão depressa não repito...mas o dia mereceu!


No dia seguinte, acordar cedo e assistir a uma cerimónia muito bonita, mas que só ajudou a cansar mais.
Por isso, depois de um mini-banquete ao almoço, uma esperadíssima sesta debaixo desta maravilha que o meu marido nos arranjou no Inverno do ano passado:


MYSA VETE Edredão penugem, grau calor 3 IKEA Um edredão de penugem de espessura média, ideal para quem não tem muito frio nem muito calor à noite.

A melhor coisa do Inverno! Dispensa lençóis e companhia.
De penas, super leve e aquece tanto e tão bem que me faz dormir como um bebé.
Não parece que é tão quentinho...e por isso é uma excelente surpresa.

E não, não é daqueles pesadões que a meio da noite vão para o chão porque fazem um calor de morrer!
Este tem um sistema térmico muito à frente e é um verdadeiro achado.
MUST HAVE, sem dúvida alguma, nestes dias de frio.

Amanhã é dia de publicar o plano da Dra. Maria Ana para a gravidez.

Eu não tenho conseguido cumprir, mas acho que é super útil para quem precise.
É um plano universal, que contempla todas as necessidades próprias da gestação.

Good night!





sexta-feira, 19 de outubro de 2012

A NOVIDADE!!

SIM...



...TEMOS BEBÉ!!!!!!!!!!!!!!!!!




1. Antes de tudo, o porquê de não ter contado antes:

Perdemos um bebé em Março. Já foi muito doloroso sem ninguém saber nada e por isso optámos por só tornar público na Família às 12 semanas.
Estou com 12 semanas e 4 dias e o nosso bebé está assim:


Espero em breve publicar fotografias das ecografias e da minha barriguinha, assim que o meu telemóvel e o PC reatarem relações.

Entretanto, tive um descolamento da placenta que, graças a  Deus, não passou de um enorme susto, e que depois de um período de repouso tem sido progressivamente esquecido.




2. O porquê de ter que me ausentar:

É simples. Não podia continuar com os meus diários das refeições e partilha de luta porque, de repente, tudo mudou de 8 para 80.

- Hey, hey enjoos!!

-Hey, hey hormonas aos saltos!

- Já vos falei dos enjoos?

- NÃO consigo ver, nem cheirar, nem de qualquer outro modo imaginar, sequer:

Legumes

Sopas

Saladas

Salmão

Peixe assado

Jantar...

OU SEJA,

O PLANO FOI TODO POR ÁGUA ABAIXO.

Resultado?

Mais visitas regulares à Dra. Maria Ana.

Assim, tenho todo um novo plano adaptado para a gravidez que publicarei porque acho de todo o interesse!

Novo plano esse, do qual só tenho conseguido cumprir...o pequeno-almoço!

Bonito, não acham?

A Dra. Maria Ana prevê que eu ganhe, com este plano, entre 6 a 8 kg, ao longo de toda a gravidez.

ORA o plano das Dras. Hormonas fez com que, desde o início da gravidez eu tenha PERDIDO, so far,
1,5 kg.

(Não há problema em perder peso, desde que o bebé cresça bem.)

A última vez que me pesei (4ª feira), a balança marcou 66, 4 kg.

Vamos ver como isto continua.

Como vêem, não dava para conciliar sinceridade e posts diários no blog.

MAS AGORA

é todo um novo dia.

O blog vai-se adaptar, mas manter o seu objectivo, e espero que ajude muitas mães na mesma situação.

Acho até que vai ser muuuuito mais giro porque as hormonas têm UM PIADÃO!

Às vezes um humor muito duvidoso, até.

TENHO MIL COISAS PARA VOS CONTAR!!!!!!!

A pouco e pouco vou publicando, agora com a regularidade habitual.

Beijinhos dos 2 a todos!!!!



quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Desânimo

Tudo corre bem, estamos lançadíssimas, o sucesso à vista...e, de repente, quase sem nos darmos conta, foi-se o click, a motivação, o motor que nos fazia arrancar todos os dias e não baixar os braços até conseguirmos cortar a meta.

Já não apetece, parecemos os "pega-monstros" das batatas fritas, não queremos sair de onde estamos, não dá vontade de dar o próximo passo porque as coisas não correm como queríamos ou prevíamos... e a meta fica cada vez mais longe e a vontade de largar tudo e desistir é maior.


Às vezes nem é preciso chegar a este ponto: até temos a motivação, mas não ver resultados proporcionais ao esforço que empregamos leva-nos a desanimar e dar a luta por perdida.

É um estado de alma transversal: podíamos estar a falar de planos de emagrecimento, de relações pessoais, de objectivos académicos ou profissionais, etc. 

Neste blog, cumpre-nos encontrar soluções para este limbo de tristeza particularmente no que toca a uma dieta. Contudo, embora no particular assim não aconteça, os princípios para vencer o desânimo numa dieta são os mesmo que se devem aplicar às demais situações da vida.

Assim, reuni 7 REGRAS para não deixar que o desânimo nos afecte:




7 REGRAS DA CATE CONTRA O VERBO "DESISTIR"



1. Acreditar.
Assim que deixo de acreditar que consigo, tudo o resto segue essa premissa e o mais provável é...não conseguir mesmo.
Por isso, FÉ em nós mesmos, acreditar de verdade que os objectivos a que nos propomos serão efectivamente alcançados.



2. Traçar a meta grande e depois fazer pequenas etapas e, em cada etapa, objectivos concretos que se pretendem atingir. 
Deste modo, vai parecer um jogo em que temos que passar os níveis para chegar ao grande final e a motivação é maior.
Etapas pequenas e objectivos possíveis de se concretizar.
Se o meu objectivo fosse só perder 20 kg e nada mais tivesse estabelecido para chegar lá, o mais certo era ter desistido logo no início.



3. Registar, num caderno, numa agenda, filo-fax, blog, no telemóvel, ou onde quiser, todas as vitórias e todos os fracassos.



4. Para cada vitória, estabelecer uma recompensa. Um mimo pequeno- uma sobremesa doce ao Domingo, um passeio à beira-mar...enfim, uma coisa que goste e que reforce a motivação para novas vitórias.



5. Comunicar. 
Torne pública a sua luta na sua Família, amigos, trabalho. Facilita e funciona como um controlo externo muito eficaz. E que sabe não se torna também num pólo motivacional para aqueles que o rodeiam?
Dou o exemplo que vivo: desde que comecei a dieta, os hábitos alimentares de toda a Família têm-se alterado; no Verão em vez de sumos na praia o que mais se bebeu foi a receita de refresco de chá verde que publiquei no blog; as sopas passaram a ser quase obrigatórias e até os mais novos perceberam que desporto não é só diversão, mas desempenha um papel muito importante para o organismo.
Reduziu-se o sal, o açúcar e os hidratos de carbono à noite.
Pense mesmo que, a pouco e pouco, pode revolucionar o mundo que a rodeia.


6. Estabelecer uma rede de apoio. 
Escolher 3 ou 4 elementos próximos e pedir-lhes o especial favor de acompanharem e zelarem pela motivação.
No meu caso, a minha nutricionista, o meu ginecologista (é verdade, chega a ser mais exigente que a Dra. Mariana!), o blog e a minha Família. 
Pessoas que acompanham e que tem a certeza que não a vão deixar desistir.
É muito importante reconhecer quando as coisas começam a descarrilar e não ter medo de pedir AJUDA. A quem? A esta rede, por exemplo.



7. Nunca dar-se por vencido.
Nunca chegar ao ponto "estes 3 kgs eu já não consigo perder". Se se perdeu 1 kg uma vez na vida, a proeza há-de se repetir quando nós quisermos, as vezes que quisermos.
O esforço que invisto para perder estes 9 kg que me faltam tem que ser o mesmo para os 20 kg e será o mesmo quando faltar 1kg só. E quando faltar esse quilo e estiver a custar muito, aplicar todas estas regras, uma por uma!
Não é por estarmos mais perto da meta que devemos afrouxar; não é por estarmos mais longe da meta que devemos desistir.

ÂNIMO!!!!!!!!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Novidades da Consulta #5




Desta vez foi só menos 1 kg...


 KG!

Segundo consta, é natural e já estava à espera. Perdi muito peso em muito pouco tempo, e é normal os últimos quilos custarem mais a perder...

Ainda assim o IMC desceu para 25,8 kg/m2....

E não consigo deixar de pensar que quando comecei estava nos 30,3...

Por isso...


E nada de desânimos!! 
Agora vai custar mais, mas vamos conseguir!!

Afinal...já só faltam

 kg!!

Também tem faltado o exercício físico...que planeio retomar em breve.

Entretanto...conto convosco?

Como já tinha dito, por enquanto tenho que andar mais caladinha e espero que respeitem e confiem que é por uma boa causa!

Lamento se há leitores que não compreendem isso...tenho vindo ao blog e os posts são sinceros e sobre aquilo que considero de interesse suficiente para partilhar com todos, enquanto não puder estar mais assídua, coisa que prevejo acontecer ainda antes do final do mês.

Quando criei este blog, motivadíssima pela querida Rita Ferro Alvim, pensei que seria um bom "controle externo", uma espécie de registo e, possivelmente, um motor motivacional para outras pessoas que também estivessem com problemas em perder peso.
E tem sido precisamente esse o feedback que tenho recebido, graças a Deus.

Esta linha condutora mantém-se.
Se por qualquer razão não agradar a alguém, viva a Internet, que nos dá uma multiplicidade de escolhas de leitura, em particular na blogosfera.

Mas nada de se zangarem comigo ou sugerirem acabar com o blog, boa?

Haja ou não leitores, o blog continuará, sendo certo que todos são mais do que bem-vindos!

Mas é claro que tudo isto é mil vezes melhor com os meus leitores mais que queridíssimos!!

A

 quem 

nunca

é

demais

dizer

OBRIGADA!